›   › 
  • Uma Guerreira chamada Eudenice

    Em 2010 Eudenice, chegou à Casa de Paulo Freire, desacreditada, por diversas vezes tentou se alfabetizar mas na sua avaliação o mundo das letras e do conhecimento não lhe pertencia. Mas avaliamos que Eudenice, só precisava que alguém acreditasse nela

    Em 2010 Eudenice, chegou à Casa de Paulo Freire, desacreditada, por diversas vezes tentou se alfabetizar mas na sua avaliação o mundo das letras e do conhecimento não lhe pertencia. Mas avaliamos que Eudenice, só precisava que alguém acreditasse nela, e nós da Casa de Paulo Freire Acreditamos, e mesmo com muita dificuldade Eudenice, deu a partida, ela recomeçou, e aos poucos foi entendendo o significado das letras, das sílabas e das palavras, matemática era o seu ponto fraco, ela não acreditava que um dia iria aprender as quatro operações. Tivemos a paciência de ficar dois anos com a Eudenice, valeu à pena! Ela conseguiu se alfabetizar, aprendeu as quatro operações, e hoje ela concluiu a primeira etapa de sua caminhada, venceu o ensino fundamental aos

  • Tags :